7.4.18

"brigadeiro" de lavanda


É fato. Chegamos ao fundo do poço. 
E nele encontrei um leite condensado misturado com aroma de banheiro. Lavanda.
As confeiteiras buscam alucinadamente por uma tal lavanda seca comestível para atender a demanda.
Se é comestível ou não, nem entro no mérito.
Mas pense comigo: L A V A N D A!!!!!!!!!!!!!!!
É o cúmulo da gourmetização, gente!
É loucura. Pura.
Uma falta de respeito total com o brigadeiro perfeito original, insubstituível. 
Aquele feito com Nescau, chocolate do padre ou cacau em pó.
Esse bagulho roxo é o novo bolo de fruta das festinhas nos anos 90: você espera um de chocolate, mas só vê o monstro de chantilly ornamentado com pêssegos e figos em calda.
E se a pobre criança aniversariante ou convidada se atrever a comer o fino quitute com tema de sais de banho?
É choro.
E que ninguém se atreva a chamar essa alfazema açucarada de brigadeiro.
Certamente o choro aumentará.
Aliás, fica o aviso: eu não provarei doce com aroma de vaso sanitário limpo.
Nem sob tortura.

6 comentários:

  1. Luana, eu já tinha restrições ao brigadeiro de chocolate "belga"... se é que era belga mesmo! Tem coisa que não dá, né?
    Mas a moda de gourmetização não passa. Tiraram a simplicidade das coisas por variações absurdas que custam 2 ou 3 vezes mais.
    Outro dia vi pipoca com sabores estranhos. Os carrinhos de churros também não são os mesmos. Brigadeiros, cachorros-quentes, picolés e até garrafas d'água têm seus primos gourmet. Saudades do simples, gostoso e barato!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luana. Como sempre, me divirto e concordo com seu post. Eu confesso ser glutona e comer de tudo, mas se tem algo que me tira do sério é o tal brigadeiro de chocolate belga, porque ele simplesmente não tem gosto de brigadeiro, para mim. Quando chego a uma mesa de festa ávida por um gostinho de infância e me deparo com aquela bolinha cheia de split de chocolate Callebaut já me entristeço. Sou muito fã do sabor do brigadeiro feito com Nescau. É ele que eu faço e, engraçado, todo mundo cai de amores pelo meu brigadeiro. Explico que eu só faço a receita que me foi passada pela mãe/vó e que leva nada mais nada menos que leite condensado, achocolatado e granulado.

    Mas indo ao assunto do post... não consigo imaginar a mistura de lavanda e leite condensado combinando. Jesus. Já provei lavanda comestível lá em Gramado em um jardim temático, numa bolachinha amanteigada. Eu gostei, para falar a verdade, mas num brigadeiro aquilo não dá liga não. Vai ser docinho sabor desinfetante mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Doce com sabor de vaso sanitário limpo hahahaha perfeita definição
    É parte do pesadelo completo: ao invés da mesa de delícias, o cenário do parabéns. Só que como o tema é unicórnio, o doce tem que ser lavanda, pra ornar
    Salvem as criancinhas!

    ResponderExcluir
  4. 'Doce com aroma de vaso sanitário limpo': hahahahhahah, muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Que palhaçada!!! Ouro no chocolate já acho filme de terror, imagine lavanda!!! O que falta, sorvete de azeitona?? Vai chegar num ponto que brigadeiro de verdade será "modinha retrô exótica das cavernas". Se já não está assim. Eca 1000x. Ridículo tem limite. Deve ser de iniciativa PRIVADA kkkkk

    ResponderExcluir
  6. Ah gente, deixa o povo. Brigadeiro de lavanda pra quem quer gourmetizacao, brigadeiro de Nescau pra quem gosta do ordinário.
    Não precisa de bafafá ou problematização. Deixa o pessoal ser feliz, cada qual com sua preferência!

    ResponderExcluir