4.9.14

Cadê o cajuzinho que estava aqui?


Verdade seja dita, está todo mundo sem paciência com esse negócio de brigadeiro gourmet, festa infantil personalizada e a mãe do aniversariante fazendo cosplay de Hebe Camargo. Já deu! Tô sentindo falta até do bolo gelado na caixa de isopor.

Desde o começo sempre achei essa moda gourmet uma falta de respeito com a culinária calórica e açucarada do nosso país! Mataram todos os docinhos de uma vez só: dois amores/casadinho, beijinho, bicho de pé, uvinha, cajuzinho, olho de sogra, pif-paf, brigadeiro - foram enterrados, ou quase isso. 

O cento desses doces tradicionalíssimos custava R$35. Agora você gasta até R$500 para comprar o mesmo cento de "brigadeiro" coberto com chocolate granulado importado, produzido com cacau de origem super duvidosa, para não dizer cruel.

E você nem liga, afinal só quer gourmetizar a festa de aniversário do seu filho, seguindo o padrão e ignorando os valores essenciais que deveriam ser ensinados aos pequenos.

Quando passamos por cima do nosso passado para abraçarmos modismos, nos tornamos caricatos, cafonas. É inevitável.  Cidadãos que desprezam a memória gustativa, cidadãos sem classe.

Escrevo esse post apenas para incentivar diálogos futuros do tipo: "Filha, no aniversário da mamãe, a vovó sempre preparava esses deliciosos cajuzinhos. Você gostou? A receita é uma tradição na nossa família!".

9 comentários:

  1. E a unidade dos brigadeiros gourmets vendidos aqui em Curitiba por TRÊS REAIS!!! Gente, da pra comprar uma Lara do melhor leite condenado e fazer brigadeiro pra muita gente!!!! Um absurdo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu paladar diz que o melhor leite condensado deixou de ser o Nestlé. Vida longa ao Piracanjuba!

      Gourmet é só um nome criado para tentar tirar o caráter popular do brigadeiro, mas não justifica a escalada louca de preços! Eu não como embalagem, nem status.

      Obrigada pelo comentário! Estamos revoltadas!

      Excluir
  2. Ai, meu Deus, que emoção ler esse post!

    Eu AMO cajuzinho. É um dos meus doces preferidos. De repente, eles sumiram. Achei que tivesse outra justificativa qualquer, mas não. É só uma tentativa de gourmetizar a vida. Que chato! Olha, no aniversário de Artur vai ter cajuzinho e vai ter brigadeiro feito com receita deste blog! Brigadeiro feito por mim. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia ser a justificativa do risco da alergia, de não dar doce para crianças... da manga com leite! Na verdade foi excluído por não ser gourmetizado. Só isso!

      Vou gravar um video para vc não errar o seu brigadeiro. Tenho que gravar, não dá para explicar o ponto com palavras.

      O Artur é amado demais, gente!

      Beijos!!!!

      Excluir
    2. Vídeo??? Adoreeeeeeei! :D

      Excluir
  3. posso falar? aqui eu não abro mão de ter pelo menos o trio dos docinhos tradicionais, sem substituições! brigadeiro / beijinho / cajuzinho e / ou olho de sogra, fazem a minha lista na doceria desde o chá de bb da cria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também escolho um trio tradicional! Nada além deles. Substituir para impressionar é cafona.

      Um beijo!

      Excluir
  4. Eu não sei fazer cajuzinho, mas o brigadeiro e o beijinho, eu não dispenso, e eu mesma faço... Como não consigo dar o ponto pra enrolar, coloco no copinho, com uma colherzinha e uns confeitos em cima, e ainda assim continua fazendo a alegria da criançada!!! Adoooooro!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzana, é sem segredo! Tem várias receitas no google.
      Pode até ser sucesso o btigadeiro np copinho, mas é um um troço que consome vários copinhos de plástico e colheres! Acho mais interessante servir numa xícara de café com colher de inox quando são poucas crianças e já com excelente coordenação motora. O brigadeio na apresentação verdadeira, boleado, consom apenas uma forminha de papel que é sempre biodegradável. Longe de mim ser politicamente correta, tá? Se fosse esse o caso, no fim.do post eu imploraria pelo fim dos doces nas festas infantis, afinal qualquer tipo de açúcar da cana faz mal.
      Essa sua dificuldade, também já tive. Aprendi a fazer o ponto perfeeeeeeeito! Segunda gravarei o vídeo e na terça estará no ar. Não tem como errar se você aprender assistindo. Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir